Notícias

Terapia por Ondas de Choque: como funciona e quais as indicações

Como funciona a terapia por Ondas de Choque?

A onda de choque (ou onda de impacto) é um pulso sônico ou uma energia cinética. Sua força de transmissão depende das propriedades físicas do tecido aplicado (líquido ou sólido). Por isso, existem equipamentos específicos para utilização em cada área.

As ondas de choque agem de diversas maneiras:
- ação mecânica: causando formação de micro-bolhas que eclodem fragmentando a fibrose local;
- ação analgésica por intenso estímulo local, liberando enzimas locais que atuam na fisiologia da dor;
- ação vascular: provocar uma congestão vascular e neoformação de vasos.

A terapia é realizada por equipamentos desenvolvidos para uso em ortopedia e as indicações abrangem patologias de caráter crônico como esporão de calcâneo, tendinites calcificadas de ombro, tendinites de cotovelo, e outras tendinites que não foram solucionadas pelos tratamentos habituais.

O uso das ondas de choque também tem um efeito osteogênico (formador de osso), quando aplicada em pacientes que tiveram fraturas de difícil consolidação, além de outras indicações. 

Outras vantagens proporcionadas pelo tratamento são o fato de o método não ser invasivo e com isso, evitar a cirurgia em muitos casos.

Indicações da Terapia por Ondas de Choque
Recomenda-se de 3 até 5 sessões por patologia e por região, podendo ser estendidas à 8 sessões em casos mais resistentes ao tratamento. O tempo de aplicação varia conforme a patologia.
Veja algumas indicações:

» 1. Fascite Plantar Com ou Sem Esporão

» 2. Pseudartrose (Fraturas Não Consolidadas) ou Retardo da Consolidação

» 3. Calcificações Periarticulares dos Ombros (Tendinite Calcárea)

» 4. Epicondilite Lateral e Epicondilite Medial do cotovelo (Cotovelo de Tenista e Golfista)

» 5. Outras Patologias: - Ombro: tendinopatias e bursites - Quadril: síndrome dos adutores e bursite trocanteriana; - Joelho: osteíte no pólo da patela (joelho de saltador); - Perna: Síndrome da tensão medial da tíbia; - Calcâneo: tendinopatias do aquiles (patologia no tendão ou no osso); - Geral: síndromes dolorosas causadas por músculos contraturados (trigger points) chamada dor miofascial *** Além do uso das patologias descritas anteriormente, os estudos internacionais têm como indicações secundárias em fase de estudos o tratamento de: - Ombro congelado; - Necrose avascular (isquêmica) da cabeça do fêmur em estágios iniciais; - Osteocondrite dissecante; - Calcificações heterotópicas.

Benefícios do tratamento por ondas de choque: 

  • Efeito analgésico
  • Alterações estruturais no tecido com aumento da atividade metabólica
  • Estimulação do processo regenerativo do tecido
  • Estimulação da formação óssea 


A Amarante Ortopedia é um centro de tratamento referenciado pela Sociedade Médica Brasileira de Tratamento por Ondas de Choque. Mais informações: (21) 3078-1555 ou envie uma mensagem clicando aqui.